Chan Kai Chon, actual director do Museu de Arte de Macau, vai desempenhar as funções de vice-presidente do Instituto Cultural (IC) a partir de sábado. Uma nota do organismo refere que Chan passará assim a ser responsável pelos trabalhos em áreas como a museologia, as indústrias culturais e criativas e a educação artística. O IC recorda que Chan Kai Chon exercia o cargo de director do Museu de Arte de Macau desde 2017 e tem uma Licenciatura em Economia da Universidade de Jinan, um Mestrado em Letras da Universidade Normal de Nanjing (Belas Artes) e um Doutoramento na mesma área pela Academia Central de Belas Artes. Em 1992, iniciou funções na Direcção dos Serviços de Educação e Juventude, onde trabalhou até Agosto de 2003. Do cargo de vice-presidente do IC sai Ieong Chi Kin que, a seu pedido, cessou funções no dia 1 de Janeiro. O Boletim Oficial de ontem refere que também cessaram funções a 1 de Janeiro e, por vontade própria, a chefe do Departamento de Organização e Gestão Administrativa e Financeira, Lo Lai Mei, e o chefe de Divisão de Estatutos e Publicações, Wong Man Fai. Lo Lai Mei será substituída por Anita Chong Yi Man, que foi subdirectora dos Serviços de Finanças. Por sua vez, Leong Wai Man vai manter-se como vice-presidente do IC até 2021.