Prova vai começar e terminar junto ao templo Pak Tai
Prova vai começar e terminar junto ao templo Pak Tai

Estão abertas as inscrições para uma competição de orientação promovida pela Associação Cultural da Vila da Taipa. A organização quer que o evento se torne uma iniciativa anual

 

A Associação Cultural da Vila da Taipa está a organizar uma actividade ao ar livre intitulada “Competição de Orientação da Vila da Taipa”. O evento, que decorrerá a 9 de Dezembro, pretende levar as comunidades locais a explorarem a história colorida e a herança única do território com uma actividade de lazer que também assume um lado físico.

As inscrições prolongam-se até 20 de Novembro e estão abertas a quem tenha idade igual ou superior a 16 anos, havendo um número máximo de 100 participantes. Cada equipa deverá ter entre quatro a seis pessoas, sendo que o custo de inscrição individual é de 100 patacas, e os três primeiros classificados receberão prémios de 1.500, 1.000 e 500 patacas.

Os objectivos do concurso passam por quebrar a tradição de que a orientação é uma corrida de longa distância na floresta, mostrando que pode ser promovida na cidade e permitir aos participantes explorar a história local quando passarem nos pontos de paragem. Além disso, a associação pretende que o evento se torne uma iniciativa sustentável a ser repetida anualmente.

O ponto de partida (e de chegada) situa-se à frente do templo Pak Tai, na Taipa, e a competição decorrerá entre as 15h00 e as 17h30. Durante esse espaço de tempo, os participantes têm de terminar a prova a pé e em conjunto. Para além dos postos obrigatórios, as equipas podem ganhar pontos adicionais se escolherem passar também nos opcionais. Subirão ao pódio as equipas com a classificação mais alta, servindo o tempo gasto na prova como elemento de desempate.

Através de eventos como este, a associação quer “promover a Vila da Taipa como um destino artístico e de estilo de vida que atrai locais e visitantes internacionais, de modo a reforçar o desenvolvimento sustentável de Macau como centro mundial de turismo e lazer”.

 

S.F.