San Ma Lo terá sentido único a partir de sábado

A partir das 10h de sábado, a Avenida de Almeida Ribeiro vai passar a ser temporariamente uma via de sentido único, devido ao início da segunda fase das obras de melhoria do sistema de drenagem e de repavimentação. Esta mudança vai manter-se até 31 de Agosto, seguindo o trânsito apenas pelo BNU em direcção à Ponte 16, anunciou a Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego. As vias envolventes passarão a ter sentido de circulação oposto ao actual ou encerradas ao trânsito.

 

Diabetes regista incidência de 7,1%

A prevalência de diabetes em Macau atingiu 7,1% em 2017 (8,8% de sexo masculino, 5,7% de sexo feminino), representando uma subida anual de 5,3%, segundo dados dos Serviços de Saúde. As estatísticas oficiais indicam ainda que a diabetes causou 47 mortes no ano passado, representando 2% da taxa total de óbitos. Para reduzir os riscos associados à doença, a Comissão para a Cidade Saudável e a Comissão de Prevenção e Controlo das Doenças Crónicas, organizou a 7ª Caminhada para a Saúde, que teve mais de 900 participantes.

 

Tufão obriga a anular mais voos para Taiwan

A passagem do tufão Maria levou ao cancelamento de mais voos entre Macau e Taiwan, incluindo oito partidas e oito chegadas entre ontem e hoje. Para hoje, foram cancelados voos da Air Macau para Taipé e Kaohsiung, e outros dois para a capital de Taiwan, operados pela TigerAir Taiwan e Eva Airways. Três ligações da Air Macau com origem em Taipé e Kaohsiung e destino a Macau também foram canceladas, bem como outras quatro da Eva Airways, que deveriam partir de Taichung e Taipé.

 

Indivíduo alcoolizado danificou sete motas

Um residente de Macau entregou-se às autoridades e confessou ter despejado a sua raiva em vários motociclos. O caso ocorreu na Rua do Canal das Hortas, quando o indivíduo, alegadamente alcoolizado, derrubou sete motociclos ali estacionados. Segundo as autoridades, o suspeito não apresentou qualquer razão válida para o acto.

 

S. Januário nega atrasos no tratamento de cancro

O director do Centro Hospitalar Conde de São Januário (CHCSJ) assegurou que não houve atrasos no tratamento de uma paciente com um tumor maligno no maxilar inferior, após o cônjuge da mulher se ter queixado à MASTV de demoras nos cuidados de saúde. Segundo Kuok Cheong U, “não houve atraso no tratamento médico realizado” até porque “os trabalhos preparatórios da cirurgia podem durar até quatro semanas e são obrigatórios”. O CHCSJ recordou ainda que o envio de doentes para tratamento no exterior é um mecanismo complementar e destina-se àqueles cujas condições correspondam às respectivas normas.