Scorsese volta a juntar Al Pacino e Robert de Niro em “The Irishman”
Scorsese volta a juntar Al Pacino e Robert de Niro em “The Irishman”

“Once upon a time in Hollywood”, 10ª longa-metragem de Tarantino, e “The Irishman”, primeiro trabalho de Scorsese para a Netflix, lideram a lista de filmes mais esperados de 2019 juntamente com sagas como “Avengers: Endgame” ou “Star Wars IX”

 

Janeiro arranca em força com “Vice”, comédia política sobre o ex-vice-presidente dos EUA Dick Cheney protagonizada por Christian Bale e favorita aos Globos de Ouro; “Destroyer”, com Nicole Kidman, ou “Glass”, com a qual M. Night Shyamalan fecha a sua trilogia sobrenatural.

Entre os filmes mais aguardados está também “The Mule”, último trabalho de Clint Eastwood que chegou aos EUA em Dezembro e vai estrear este mês em todo o mundo. Aos 88 anos, Eastwood realiza e protagoniza a história de um idoso que recorre ao tráfico de drogas devido a dificuldades económicas.

Por sua vez, Saoirse Ronan e Margot Robbie darão vida a Maria da Escócia e à sua prima Isabel I de Inglaterra em “Mary Queen of Scots”, nova adaptação cinematográfica da insólita vida da regente, já imortalizada por John Ford em 1936 com a ajuda de Katharine Hepburn.

Para Março está agendada a versão feminina de “Captain Marvel”. Brie Larson veste o fato de super-heroína neste filme que remonta às origens da personagem nos anos 90, período inédito no universo Marvel.

No mesmo mês, destaca-se ainda “Dumbo”, nova versão do clássico da Disney realizada por Tim Burton. Recriado por computador, o elefante de orelhas gigantes vai conviver na tela com Colin Farrell, Eva Green, Michael Keaton ou Danny DeVito.

Pedro Almodôvar também escolheu Março para o lançamento de “Dolor y gloria”, filme que junta Antonio Banderas, Asier Etxeandía, Leonardo Sbaraglia e Penélope Cruz.

O final de Abril está reservado para o quarto e último filme dos “Avengers”. O Homem de Ferro, a Viúva Negra, o Capitão América e Thor retomam em “Endgame” a acção do dramático “Infinity War”.

No mês seguinte, Neil Marshall reinicia a saga de “Hellboy”, o demónio vermelho, numa versão que, segundo a agência EFE, promete ser mais crua que a de Guillermo del Toro.

Se 2018 foi o ano de Freddie Mercury (“Bohemian Rhapsody”), 2019 será o de Elton John, com Taron Egerton a vestir a pele do cantor e compositor britânico em “Rocket Man”.

Já Brad Pitt, Tomy Lee Jones e Donald Sutherland reúnem-se em “Ad Astra”, uma história sobre um engenheiro autista que, 20 anos após ter sido abandonado pelo pai para embarcar numa missão a Neptuno, decide viajar à sua procura.

Depois de vários atrasos, Junho dará as boas-vindas ao novo X-Men, “Dark Phoenix”.

Em Agosto chega o novo de Tarantino, “Once upon a time in Hollywood”, com Brad Pitt, Leonardo Di Caprio, Margot Robbie, Al Pacino, Kurt Russell e Tim Roth.

Mais incerta é a data de estreia de “The Irishman”, filme no qual Martin Scorsese volta a juntar Al Pacino e Robert de Niro. Produzido pela Netflix, tem um orçamento superior a 140 milhões de dólares.

Um título incontornável em 2019 é o nono episódio de “Star Wars”, ainda sem título oficial, o fim da nova trilogia pilotada por J.J. Abrams. Após o medíocre resultado de “Solo: A Star Wars Story”, a Disney espera recuperar o interesse pela saga com este novo filme da linha principal da história, que contará com imagens da falecida Carrie Fisher gravadas durante “The Force Awakens” (2015) que não chegaram a ser utilizadas.

No segmento familiar, vão chegar às salas “Toy Story 4”, “How to Train Your Dragon: The Hidden World”, a nova versão de “The Lion King”, “The Lego Movie 2” e “Pokémon Detective Pikachu”, entre outros.

 

JTM com agências internacionais