ALEXIS TAM PEDE MAIS EMPATIA SOCIAL

O Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura assegurou ontem que o Governo vai aumentar os recursos para prestar maior assistência a pacientes e familiares de casos de doenças raras. Frisando que o Executivo dá grande importância ao desenvolvimento saudável das crianças, referiu que foram integrados recursos da área de saúde, acção social, educação e juventude, sendo que o Instituto de Acção Social está a reforçar o apoio a familiares de pacientes para atenuar a pressão, e a Direcção dos Serviços de Educação e Juventude a promover melhorias no ensino especial. O Secretário apelou ainda aos diversos sectores da sociedade para terem mais empatia para criar uma rede solidária na comunidade e prestar o apoio necessário às pessoas necessitadas, promovendo a inclusão social.

 

DESTRUÍDA IGREJA EVANGÉLICA EM CIDADE CHINESA

As autoridades de uma cidade do norte da China demoliram uma igreja evangélica, disseram testemunhas e activistas radicados no estrangeiro, citados pela agência “Associated Press” (AP). Um funcionário do gabinete para assuntos religiosos da cidade de Linfen, citado pela AP, afirmou que não se tratou de uma demolição, mas relatos de activistas radicados fora do país e de testemunhas dão conta que forças militares usaram escavadoras e dinamite, na terça-feira, para destruir uma igreja em Linfen, um dos centros da indústria do carvão na China. A ChinaAid, grupo de defesa dos cristãos chineses com sede nos EUA, avançou que as autoridades locais colocaram explosivos numa sala de oração, na cave da igreja, para demolir o edifício.

 

SRI LANKA SUSPENDE VETO À VENDA DE ÁLCOOL A MULHERES

O governo do Sri Lanka anunciou uma revisão legislativa que permitirá às mulheres comprar bebidas alcoólicas, ao modificar uma lei antiga que proibia o consumo. O diploma também impedia as mulheres de trabalharem servindo este tipo de bebidas em espaços públicos. O ministro das Finanças, Mangala Samaraweera, referiu que a alteração ao Regulamento de Impostos, cuja última modificação remontava a 1979, já foi assinada e publicada no Diário Oficial para formalizar a sua entrada em vigor. A aprovação desta proposta de revisão, que estava há vários anos em discussão, ocorre depois da primeira mulher ter tomado posse no cargo de Comissária de Impostos, em Setembro de 2017. Os supermercados do Sri Lanka seguiam a lei de forma selectiva, mas discotecas e restaurantes de alta categoria serviam álcool às mulheres sem restrição, apesar da proibição.

 

FERNANDO PINTO ABANDONA LIDERANÇA DA TAP

Fernando Pinto anunciou ontem deixar a presidência executiva da TAP, numa carta dirigida aos funcionários da companhia aérea portuguesa e em que informa sobre o seu sucessor, Antonoaldo Neves, até agora administrador responsável pela área comercial da transportadora. “Estou absolutamente seguro de que com a liderança de Antonoaldo, a TAP continuará neste incrível processo de crescimento. Assim, o meu sentimento hoje é de absoluta realização profissional e pessoal. De missão cumprida. A empresa está no bom caminho e sinto-me plenamente realizado”, lê-se na missiva. Na carta, Fernando Pinto diz que é com “grande orgulho” que comunica a sua saída “em breve” da direcção executiva da TAP, onde esteve 17 anos e permanecerá como assessor “nos próximos dois anos”.

 

PYONGYANG ANTEVÊ “MORTE POLÍTICA” DE DONALD TRUMP

A Coreia do Norte considera que a popularidade do livro “Fogo e Fúria: Dentro da Casa Branca de Trump”, do jornalista Michael Wollf, é um “prenúncio da morte política” do Presidente dos EUA. O “Rodong Sinmun”, principal jornal do Norte, salientou ontem que as vendas reflectem “os sentimentos anti-Trump que cresceram rapidamente na comunidade internacional”, mostrando que o líder dos EUA “está a ser massivamente humilhado em todo o mundo”. O livro foi lançado na sexta-feira passada e já vendeu mais de 29 mil cópias, de acordo com o NPD BookScan, citado pela “Associated Press”. As vendas digitais já são 250.000 e as de áudio excedem 100.000, de acordo com John Sargent, o CEO da “Macmillan”, empresa-mãe da editora do livro.

 

JUSTIÇA BELGA MULTA HOMEM POR COMPARAR POLÍCIAS COM SMURFS

Um tribunal de Bruxelas impôs uma multa de 1.200 euros a um homem que partilhou nas redes sociais duas fotografias de vários agentes da Polícia Rodoviária Federal do país comparando-os com os personagens Smurfs, após ter sido parado em duas operações de controlo para entrar na cidade. O condenado, Cain R., de 37 anos e natural da cidade de Antuérpia, partilhou a foto com os seus 150 mil seguidores no Facebook a 11 de Maio de 2015. Um dos agentes retratados nas imagens chegou a pedir-lhe que apagasse as imagens, segundo a agência de notícias “Belga”. Cain R. foi condenado em 2016 a três meses de prisão e a uma multa de 1.200 euros por assédio cibernético, mas acabou absolvido do crime de invasão da intimidade dos agentes envolvidos. A Polícia contestou a sentença no Tribunal de Recurso da capital belga, que ratificou a multa e declarou Cain R. culpado de violar a privacidade dos agentes numa das duas fotografias, na qual os polícias eram reconhecíveis.