Vinte participantes de regiões da Ásia-Pacífico participaram ontem na sétima edição do “Crazy Jump Day”, na Torre de Macau, numa organização da AJ Hackett e AirAsia. Este ano, o tema de inspiração para o concurso de disfarces foi precisamente a rede de destinos da companhia aérea de baixo custo. Escolhidos através de um concurso nas redes sociais, pela criatividade, capacidade de contar histórias e a relevância do disfarce, os participantes tiveram a oportunidade de sentir a adrenalina de saltar do maior edifício comercial do mundo, que tem 233 metros. O grupo seleccionado incluiu aventureiros da Malásia, Singapura, Indonésia, Filipinas, Austrália, China e Macau. A CEO da AirAsia em Hong Kong e Macau, Celia Lao, disse que a criatividade destes disfarces “é prova do espírito de aventura e exploração que seria de esperar de fãs de viagens aéreas e de ‘bungy jumping’”.