A taxa de inflação em Macau continua a desacelerar, tendo atingido 3,67% nos 12 meses terminados em Junho em relação aos 12 meses imediatamente anteriores. De acordo com os Serviços de Estatística e Censos, o Índice de Preços no Consumidor (IPC) subiu impulsionado sobretudo pelos aumentos dos preços das bebidas alcoólicas e tabaco (38,09%) e da educação (7,96%). No primeiro semestre, o IPC geral médio cresceu 3,15% face aos primeiros seis meses do ano passado. Só em junho, o IPC geral médio aumentou 2,26% face ao mesmo mês de 2015, devido sobretudo às rendas dos parques de estacionamento e à subida dos preços das refeições adquiridas fora de casa e do tabaco, segundo a DSEC. O indicador continuou a abrandar, já que o valor de Junho representa uma descida face ao registado em maio (+2,64%).