A Direcção dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transporte (DSSOPT) realizou ontem o acto público de abertura de propostas da “Empreitada de construção das Instalações dos Serviços de Alfândega na Rotunda Tenente Pedro José da Silva Loureiro”, que atraiu 15 concorrentes. Os preços oferecidos variam entre 3,33 e 4,73 milhões de patacas. Tendo em conta as necessidades dos Serviços de Alfândega, a DSSOPT diz ser “necessário demolir e reconstruir as instalações” junto à Rotunda Tenente Pedro José da Silva Loureiro. A obra envolve 2.275 metros quadrados e consiste na construção de um edifício de três pisos com área bruta total de construção de cerca de 1.165 m2. Está ainda incluída a remodelação dos pavimentos da área livre e dos muros exteriores, com vista ao estacionamento de veículos. Para além disso, o concurso abrange a manutenção da Ponte n° 1 da Taipa e das três árvores antigas registadas e o melhoramento das instalações de drenagem da zona envolvente. O início da obra está previsto para o quarto trimestre do corrente ano.