O Templo de Sin Fung, na Travessa de Coelho do Amaral, construído há mais de 150 anos, chamou recentemente à atenção devido ao perigo de queda de pedras na sua parede exterior, explicou a responsável do espaço religioso. Além desse problema, o poço no templo ficou contaminado por causa do aumento do número de restaurantes na zona. Para agravar o cenário, a profundidade de água superou um metro e acabou por causar uma inundação. Em declarações ao “Ou Mun Tin Toi”, Ieng Weng Fat, presidente da Sociedade de Património, advertiu que muitos templos no território precisam de ser preservados e incluídos urgentemente na lista do Património Cultural. O mesmo responsável sugeriu às autoridades a criação de um mecanismo especial para protecção dos templos que ainda não estão reconhecidos oficialmente como património.

 

R.C.