Depois do acordo-quadro assinado com a gigante “Alibaba” que tem como objectivo final a construção de Macau como “cidade inteligente”, uma outra empresa do Continente já se manifestou disponível para ajudar o território ao nível de transporte “verde”. A sugestão foi deixada durante uma reunião de ontem no Hotel “JW Marriott”, com a empresa “BYD” de Shenzhen a tecer algumas sugestões à RAEM aplicando medidas de “trânsito limpo, desde o transporte de passageiros às mercadorias”. Liu Xueliang, gerente-geral do departamento de vendas da empresa para a Região da Ásia-Pacífico, frisou ser importante adquirir autocarros, táxis e veículos de logística movidos a electricidade. Segundo o jornal “Ou Mun”, no evento, a “BYD” assinou parcerias com a Companhia de Serviços de Autocarros Directos Chong Ou e com o Grupo Galaxy que inclui a venda de 20 autocarros turísticos eléctricos.

 

R.C.