A Loja Social da Santa Casa da Misericórdia iniciou o quinto ano consecutivo de apoio a famílias carenciadas de Macau, com a decisão de incluir, a partir de Fevereiro, diversos produtos portugueses (designadamente azeites, enlatados, massas e biscoitos) nos cabazes de bens alimentares e essenciais que distribui mensalmente para acudir aos agregados mais afectados pelo crescente aumento do custo de vida, segundo revelou o Provedor da instituição, António José de Freitas adiantou. Desta forma, este projecto solidário associa-se ao esforço de divulgação e promoção nesta região dos bons produtos provenientes de Portugal e dos países da lusofonia. A decisão foi anunciada por ocasião da primeira distribuição deste ano, que decorreu no sábado com o patrocínio da delegação local do Banco da China, no valor de 300 mil patacas, tendo voluntários da empresa encaminhado centenas de cabazes para 355 famílias, bem como o brinde especial da patrocinadora a assinalar a quadra festiva do Ano Novo Lunar. Lançada em Fevereiro de 2013, a Loja Social conta, desde o início, com o generoso patrocínio de concessionárias do jogo, associações, empresas e filantropos, tendo acudido já a mais de 15.000 famílias que se encontram em situação difícil, por não auferirem rendimentos suficientes que lhes permitam sobreviver no dia-a-dia, nem serem abrangíveis pelos restantes sistemas de apoio existentes.