HÁ 20 ANOS

HÁ 20 ANOS

 

MUSEU DA CIDADE

MOSTRA-SE NA RUA

O Museu de Macau, que está a ser construído na Fortaleza do Monte, vai contribuir para “reforçar” a identidade própria do Território, considerou o secretário-adjunto Salavessa da Costa. “As pessoas têm uma ideia que vivem num sítio diferente, sabem que Macau é diferente, que é único, que tem uma identidade própria, mas no museu estará objectivada essa diferença e com certeza que a identidade e singularidade de Macau sairá reforçada”, afirmou Salavessa da Costa. O secretário-adjunto falava durante uma visita à mostra ontem inaugurada de obras que irão ser expostas no Museu de Macau e que poderão ser apreciadas até 9 de Março no Largo do Leal Senado. Salavessa da Costa sublinhou que o Museu de Macau será “o grande espaço museológico não só pela sua temática, mas também por ‘levantar’ toda a História do território”. O secretário-adjunto assinalou que o Museu de Macau “vai contribuir para enriquecer o património turístico local (…) e para identificar o território com as suas gentes”. Para o arquitecto responsável pelo projecto do Museu de Macau, Carlos Bonina Moreno, a exposição de peças que integram o espólio do futuro espaço pretende “dar a conhecer o trabalho que está a ser realizado, mostrar às pessoas que o projecto está a mexer e que vai ser cumprido”. O chefe da equipa de projecto do novo espaço museológico assinalou também que a exposição de peças no largo do Leal Senado pretende “cativar e o interesse e a participação da população do território, que pode ser feita através da doação de peças”. Bonina Moreno disse também esperar que o Museu de Macau possa “abrir as suas portas no primeiro trimestre de 1998”. O Museu de Macau, cujo espólio conta já com mais de mil peças, vai ser dividido em três pisos que vão apresentar várias épocas da vida de Macau.

 

MACAU VAI FAZER

PROMOÇÃO EM PEQUIM

“Macau, acontecimentos todo o ano” é o lema de uma das maiores acções de promoção turística do Território feitas na China e que decorrerá em Abril em Pequim, disse uma responsável da direcção-geral de Turismo de Macau. A acção coincide com a 46ª Conferência Anual da PATA (Pacific Asia Travel Association), a primeira realizada na China e que atrairá a Pequim dois mil representantes de agências de viagem, companhias aéreas e organismos oficiais de turismo. Durante nove dias, de 16 a 24 de Abril, um dos principais hotéis da capital chinesa estará decorado com motivos de Macau e acolherá diversas manifestações culturais gastronómicas do Território, desde prova de vinhos a actuações da Tuna Macaense e do Rancho Folclórico Português.