HÁ 20 ANOS
HÁ 20 ANOS

O Leal Senado de Macau vai organizar, entre 7 e 17 de Setembro, diversas actividades destinadas a celebrar a Festa do Bolo Lunar, uma tradição Chinesa que remonta há mais de 2000 anos. Para assinalar a Festa do Bolo Lunar, uma especialidade confeccionada com sementes de lótus, açúcar, ovos e farinha, a edilidade macaense vai promover um curso e um concurso de construção de lanternas tradicionais chinesas e um concurso infantil de histórias. O programa da festividade orçado em 560.000 patacas inclui ainda uma palestra sobre a arte de beber chá “Pou Lei”, chá tradicional chinês, e espectáculos com a participação dos grupos Juvenil de Ópera Chinesa de Cantão, de Danças e Cantares da cidade chinesa de Zhuhai e Musical do Clube Desportivo e Recreativo Hac Yeng, de Macau. A Festa do Bolo Lunar, que também assinala o final do Verão, é celebrada no décimo quinto dia da oitava lua do calendário lunar chinês e está ligada à Festa das Lanternas, cuja origem remonta à dinastia Han.

 

“PROFUNDA TRISTEZA” PELA MORTE DE DIANA

O Governador de Macau, Rocha Vieira, manifestou a sua “profunda tristeza e consternação” pela morte da Princesa Diana ao cônsul-geral do Reino Unido acreditado no Território, anunciou ontem o Gabinete de Comunicação Social (GCS). Em nome pessoal e do Governo macaense, Rocha Vieira expressou “sentidas condolências ao representante consular do Reino Unido em Hong Kong e Macau, solicitando que tais votos fossem transmitidos à Família Real Britânica”, refere uma nota do GCS. A Princesa Diana morreu domingo de madrugada em Paris num acidente de viação mortal que também vitimou mortalmente o seu amigo Dodi Al-Fayed e o motorista do veículo em que seguiam.

 

REGULAMENTO PARA TRANSPORTE AÉREO

Cerca de 70 representantes de autoridades de aviação civil e companhias aéreas iniciaram ontem em Macau um encontro promovido pela Organização de Aviação Civil Internacional (ICAO) para debater a política de regulamentação do transporte aéreo internacional. O encontro, que decorrerá até sexta-feira no Centro de Actividades Turísticas, inclui participantes de 20 países e Territórios. Na reunião de Macau, a cuja sessão inaugural assistiu o secretário-adjunto para os Transportes e Obras Públicas, José Alves de Paula, participam também representantes da Associação Internacional de Transportes Aéreos (IATA) e do Conselho Internacional de Aeroportos (ACI).