HÁ 20 ANOS
HÁ 20 ANOS

Um concerto dedicado aos quinze países da União Europeia (UE), concebido pelo maestro António Vitorino de Almeida e interpretado por Maria do Carmo de Almeida, foi apresentado em Macau. Na primeira audição asiática, o concerto iniciou-se com a suite teatral II “O cerejal” composta como música de cena para peça homónima de Tchekov, recentemente premiada no Burgtheater de Viena. O concerto integrou ainda a obra do maestro António Vitorino de Almeida, “Gaudemus”, um hino à alegria, onde foram apresentados 15 temas nos idiomas das diversas línguas dos países da UE, interpretados por Maria do Carmo de Almeida e 13 músicos portugueses.

 

CHINA COLECCIONA MEDALHAS

A República Popular da China lidera, no final do primeiro dia de competições, o grupo dos medalhados dos II Jogos da Ásia Oriental, que decorrem até 19 de Maio na cidade sul-coreana de Pusan. A China conquistou ontem cinco medalhas de ouro, uma de prata e duas de bronze, colocando-se à frente do Japão que conseguiu arrecadar duas medalhas de ouro, duas de prata e duas de bronze. No terceiro lugar da listados medalhados está a Coreia do Sul com uma medalha de ouro, duas de prata e quatro de bronze. Taiwan conquistou três medalhas de prata nas competições de halterofilismo e encontra-se na quarta e última posição no grupo dos medalhados. A China conquistou as medalhas de ouro nas competições de halterofilismo, natação e ginástica por equipas, enquanto o Japão e a Coreia do Sul arrecadaram medalhas de ouro em provas de natação. No halterofilismo a chinesa Jiang Yinsu, que disputou a prova para atletas com peso até 46 quilogramas, estabeleceu um novo recorde do mundo no arranque, ao levantar 81,5 quilogramas. Dados divulgados pela organização do evento referem que participam nos II Jogos da Ásia Oriental um total de 1344 atletas provenientes da Coreia do Sul, Japão, China, Taiwan, Mongólia, Cazaquistão, Hong Kong, Macau e Guam. Os nadadores de Macau estabeleceram novos máximos do Território nas provas masculinas de 100 metros bruços e 200 metros livres e feminina de 100 metros livres.