HÁ 20 ANOS
HÁ 20 ANOS

O lar de Nossa Senhora de Ká-Hó, em Coloane, que alberga desde há décadas doentes de lepra, recebeu ontem visitas inesperadas. O casal Rocha Vieira, acompanhados pela presidente do IASM, foi levar-lhes algumas prendas e votos de Feliz Ano Novo e uma palavra de solidariedade. Recebido calorosamente pelos idosos residentes, alguns dos quais vivendo ali há varias décadas, o Governador prometeu organizar-lhes um desejado passeio à China e também a recuperação das vivendas que ladeiam o Instituto e que gostariam de ocupar.

 

PEQUIM AUTORIZA PONTE ZHUHAI – HK

O governo chinês deu luz verde à construção da ponte de 27 quilómetros que ligará Zhuhai a Hong Kong, no que já é chamado “o projecto do século”. Implicando um investimento calculado em mais de 16 mil milhões de patacas, o projecto será financiado em 55 por cento pela província de Guangdong, com os restantes 45 por cento a pertencerem a investimento estrangeiro. A ponte deverá dispor de três faixas em cada sentido e prevê-se que no ano de 2025 circulem por ela 115 mil veículos por dia. Uma dúvida pertinente: será que se vai circular pela esquerda ou pela direita?

 

CAUTELA E CALDOS DE GALINHA

O Leal Senado vai intensificar mecanismos de controlo de entrada de galináceos na cidade como medida de prevenção contra eventuais casos de “gripe das aves”, anunciaram responsáveis dos serviços de sanidade da Câmara. A entrada de galináceos será controlada com especial atenção, mas a venda de galinhas vai continuar a processar-se em Macau onde, segundo o director do Hospital de São Januário, Rogério Santos, não foi detectado qualquer caso de infecção de pessoas ou animais com o vírus H5N1 – responsável pela “gripe das aves”, que já provocou quatro mortes em Hong Kong. Até meados de Janeiro, o Leal Senado deverá ter instalados à entrada das duas pontes que ligam Macau à Taipa, postos de inspecção e controlo de certificados de sanidade das aves destinadas aos mercados da cidade, anunciou Sérgio Rodeia, médico veterinário dos serviços municipais de Inspecção e Sanidade. Os 27 aviários existentes no Território situam-se nas Ilhas da Taipa e Coloane e a entrada em Macau de viaturas de transporte de sanidade emitidos pela Câmara Municipal das Ilhas. De acordo com a CMI existem actualmente cerca de 60.000 galinhas  nos aviários da Taipa e de Coloane. Cerca de 90 por cento das galinhas consumidas e Macau são importadas da China pela empresa Nam Yue e Nam Kwong, nomeadamente das regiões de Zhuhai, Zhongshan e Jiangmen, e as restantes são provenientes dos aviários da Tapa e Coloane.