Sou Chio Fai chefia delegação da RAEM

A cooperação entre instituições de ensino superior, o reconhecimento de habilitações e graus académicos, o ensino e formação de professores de língua portuguesa, entre outros, estarão em análise, na próxima semana em Lisboa, durante a 2ª reunião da Subcomissão da Língua Portuguesa e Educação. A delegação de Macau será chefiada pelo coordenador do GAES

 

Uma delegação da RAEM, chefiada pelo coordenador do Gabinete de Apoio ao Ensino Superior, Sou Chio Fai, com representantes do Gabinete do Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Direcção de Serviços de Educação e Juventude, Universidade de Macau e Instituto Politécnico, vai participar na 2ª reunião da Subcomissão da Língua Portuguesa e Educação, em Lisboa.

O encontro realiza-se nos próximos dias 20 e 21 no âmbito da Comissão Mista Macau-Portugal com o objectivo de abordar, ao nível técnico, temas relacionados com o ensino da língua portuguesa, anunciou o Gabinete do Secretário Alexis Tam. Serão igualmente abordadas questões como a cooperação entre instituições de ensino superior, o reconhecimento de habilitações e graus académicos, o ensino e formação de professores de língua portuguesa e o acesso ao ensino superior de Portugal por parte de alunos de Macau.

No comunicado, Alexis Tam reitera o desejo de que Macau se “afirme como um centro de referência regional para o ensino da língua portuguesa”. Nesse sentido, afirma o Secretário, tem sido implementada pelos diversos organismos que coordenam e estão envolvidos no ensino do Português no território, “uma série de iniciativas e programas de apoio ao nível dos diversos ramos de ensino, público e privado mas também da formação extracurricular, que estimulem o desejo de aprendizagem e de desenvolvimento na língua”.

Para o Secretário, “o ensino da língua portuguesa é determinante para a concretização do papel que a RAEM desempenha como plataforma entre a China e os países de língua portuguesa”.

Este encontro, surge na sequência da última reunião da Comissão Mista Portugal-Macau, e contará também com a presença de um representante da Delegação Económica e Comercial de Macau em Lisboa.