A mais representativa associação do turismo português realiza o seu 43º Congresso Nacional em Macau a partir do dia 23, sendo que o evento já atraiu a inscrição de 650 delegados, número recorde na história da APAVT

 

O 43º Congresso Nacional da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT) realiza-se em Macau, entre os dias 23 e 27 deste mês, com a participação de 650 delegados, estabelecendo um novo recorde de adesão na história recente do evento, realçou a Direcção dos Serviços de Turismo (DST).

Subordinado ao tema “Turismo: A Oriente, tudo de novo!”, o Congresso reunirá no território centenas de profissionais das mais diversas áreas de actividade turística portuguesa para se debruçarem sobre temas internos da indústria em Portugal e vislumbrarem as oportunidades da dinamização de fluxos turísticos com Macau e regiões em volta.

De acordo com a DST, o Congresso “reforçará o papel de Macau como plataforma de relações entre a China e os países de língua portuguesa, com um dos pontos altos do programa a incluir uma sessão de contactos de negócios entre agentes portugueses e parceiros do Interior da China”.

Também permitirá oferecer aos profissionais de turismo português uma actualização, em primeira-mão, “sobre a oferta turística da cidade, contribuindo para a dinamização da diversificação dos mercados de visitantes”.

No programa consta uma série de actividades, nomeadamente um debate entre o antigo presidente da Assembleia da República e ex-ministro dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Jaime Gama, e o politólogo e empresário Jaime Nogueira Pinto, com moderação a cargo do jornalista, José Manuel Fernandes.

A lista de oradores integra também o antigo ministro da Economia, Augusto Mateus, o administrador da TAP Air Portugal, Diogo Lacerda Machado, o académico e empresário Paulo Amaral, o consultor internacional Jeff Archambault e o director-geral para a região da Grande China da Travelport, Ming Foong, entre outros.

A cerimónia de abertura realiza-se na manhã do dia 23, no Centro de Convenções e Entretenimento da Torre de Macau, com intervenções do Secretário Alexis Tam, da Secretária de Estado do Turismo de Portugal, Ana Mendes Godinho, e do presidente da APAVT, Pedro Costa Ferreira.

Segundo a DST, um dos “pontos altos” do Congresso inclui um workshop e bolsa de contactos para promover  oportunidades de negócios em turismo entre o Interior da China e Portugal, tirando partido do papel de Macau como plataforma sino-lusófona.

No encontro estarão presente cerca de 50 agências de viagens de várias cidades do Interior da China interessadas em dinamizar o mercado de Portugal-Europa-China. Está também programado um “peddy-paper” que levará os congressistas a descobrir de “forma lúdica” o Centro Histórico de Macau, além de visitas a outras atracções da Península e Ilhas.