Director José Rocha Dinis | Director Editorial Executivo Sérgio Terra | Nº 4182 | Sábado, 25 de Outubro de 2014

22 listas candidatas a 14 lugares no Hemiciclo

É um recorde se comparado com as últimas eleições, em 2009, quando houve 16 candidaturas. Até sexta-feira, 22 listas entregaram nos Serviços de Administração e Função Pública (SAFP) os pedidos de reconhecimento de comissões de candidatura. O próximo prazo é 8 de Julho, data limite para entrega das candidaturas e do programa político. Nesta fase, contudo, ainda há comissões que podem ser dissolvidas. Do total, há 13 listas cujo número um concorreu em 2009 (identificadas a azul) e outras nove que se estreiam (marcadas a verde). Este é o primeiro roteiro para o sufrágio directo das legislativas de Setembro

 

Viviana Chan e Helder Almeida

 

 

Kwan Tsui Hang -União para o Desenvolvimento

20130701-101p01A actual deputada e vice-presidente da Federação das Associações dos Operários de Macau (FAOM) foi eleita pela primeira vez para a Assembleia Legislativa em 1996. Nasceu em Macau na década 40, trabalhou no sector têxtil depois de ter acabado a educação primária e entrou na associação dos operários quando tinha 16 anos. Para ajudar trabalhadores despedidos sem razão, em 1974, KWAN TSUI HANG organizou uma greve com mais de 200 trabalhadores numa fábrica durante mais de 20 dias. A greve acabou quando o patrão cedeu. Desde aí, Kwan Tsui Hang começou a defender os direitos dos trabalhadores no palco político. A partir de 1984, começou a trabalhar na associação dos operários a tempo inteiro. Segundo o site da FAOM, Kwan, como não tinha uma escolaridade elevada, voltou a estudar em 1986 e até tirou uma licenciatura em Ciência Social quando tinha 46 anos. Trabalhou como secretária na Associação dos Operários da Indústria de Produção desde 1987 e foi promovida a vice-presidente em 1991. Em representação do sector dos operários, conseguiu entrar na AL através de eleição indirecta. Em 2001, 2005 e 2009 foi reeleita por via directa. LAM LON WAI é o número dois da lista da FAOM desta vez, tendo sido nas últimas legislativas o número cinco, pela mesma lista. Lam Lon Wai é adjunto do director da Escola para os Filhos e Irmãos dos Operários de Macau, instituição que foi criada pela FAOM na década 50. Lam nasceu na Província Guangdong na década 70. Segundo a imprensa em chinês, o grupo de Kwan Tsui Hang e Lam Lon Wai quer atrair mais votos dos jovens. Recentemente, o grupo “Consciência de Macau” denunciou Lam Lon Wai à Comissão Eleitoral por suspeita de se aproveitar da sua posição na escola para influenciar os pais dos alunos a votar na lista da FAOM.

 

Chan Meng Kam – Associação dos Cidadãos Unidos de Macau

20130701-101p12CHAN MENG KAM nasceu na Província de Fujian em 1962 e imigrou para Macau na década de 80. É deputado da Conferência Consultiva Política do Povo Chinês. Foi eleito por via directa para a AL pela primeira vez em 2005, tendo sido novamente eleito em 2009. É membro do Conselho Executivo. Segundo o seu site, Chan Meng Kam foi operário da construção civil e depois empresário. O deputado também enfatiza que é sensível às questões de caridade e que de 1993 até 2009 doou pelo menos 160 milhões de patacas para ajudar pessoas ao nível da educação, saúde, ciência e quem fosse mais carenciado. Chan Meng Kam é ainda presidente da assembleia da Universidade da Cidade de Macau e da Universidade de Huaqiao, em Fujian. Nas eleições da AL em 2005, o seu número três, Wu Lin, foi detido por suspeitas da corrupção eleitoral. Wu Lin  e outros elementos foram depois condenados pelo Tribunal Judicial de Base a penas de prisão. Segundo um documento da Wikileaks, Chan Meng Kam pode ser o Chefe do Executivo da RAEM, em 2019.  O empresário possui uma companhia chamada “Golden Dragon”, proprietária do Hotel Golden Dragon no NAPE e o Hotel Taipa Square, situado perto do Jockey Club. Ainda segundo a imprensa de Hong Kong, o empresário investiu numa empresa internacional de combustível, a qual tem muitos projectos de exploração de gás e petróleo no Brunei e nas Filipinas. Quanto à sede desta empresa, a Polyard Petroleum Internacional Group de Macau, fica no mesmo prédio onde o deputado tem o escritório. Ung Choi Kun foi o número dois, que já disse que este ano não se ia candidatar. SI KA LON vai assim juntar-se este ano a Chan Meng Kam como o número dois. Actualmente, é o presidente da Associação de Promoção de Juventude de Macau (Chinese Youth Advancement Association). Si Ka Lon é ainda o presidente da Aliança de Povo de Instituição de Macau.

 

Ng Kuok Cheong – Associação de Próspero Macau Democrático

20130701-101p15NG KUOK CHEONG nasceu na década 50 na Província de Guangdong e imigrou para Macau quando tinha dois anos. Estudou na Universidade Chinesa de Hong Kong onde tirou o curso de Economia. Foi líder estudantil na escola. O governador britânico não lhe um deu visto de trabalho por causa da sua orientação política, segundo alguns sites em chinês, e o activista voltou para Macau para trabalhar numa instituição financeira, que mais tarde se tornou no Banco da China. Foi deputado no primeiro, segundo e terceiro mandato da AL na era RAEM e também foi deputado no quinto e sexto mandato da AL da época da governação portuguesa. Nas eleições de 2001 e 2005, a sua lista foi a que conquistou mais votos. Mas em 2009 desceu para terceira mais votada. É deputado há 21 anos. Com o deputado Au Kam San e o deputado Chan Wai Chi é dos principais representantes da Associação Novo Macau. Ng Kuok Cheong tem defendido o desenvolvimento do sistema político do território e aborda várias problemáticas sociais. PAUL CHAN WAI CHI é o número dois de Ng Kuok Cheong. É católico, professor de História e Chinês do Colégio Yuet Wah. Tirou o curso de História na Universidade de Macau e uma licenciatura em Educação no Interior da China, assim como um curso de Estudos Religiosos em Roma, Itália. Nasceu em Macau na década 50 e trabalha sempre na promoção da religião católica. Começou a trabalhar como jornalista e director no jornal religioso “Observatório de Macau”, a partir de 1995. Chan Wai Chi participou nas eleições da AL pela primeira vez em 2005, como o número três da lista de Novo Macau e não conseguiu ser eleito. Mas em 2009, já como número dois, conseguiu o lugar na AL.

 

Angela Leong – Nova União para Desenvolvimento de Macau

Nasceu no Interior da China, na Província de Guangdong, em 1961 e imigrou para Macau na década de 80. Começou a sua carreira na dança em Cantão quando tinha 13 anos. Angela Leong é conhecida por ser a quarta mulher de Stanley Ho. É administradora-delegada da Sociedade de Jogos de Macau, a empresa mais antiga do sector de jogo no território, e que foi criada pelo seu marido. Angela Leong candidatou-se pela primeira vez em 2005, pela Aliança para Desenvolvimento de Macau, enquanto o número dois era Ambrose So, outro responsável da SJM. Já em 2009, candidatou-se pela Nova União para Desenvolvimento de Macau, com Ambrose So como mandatário e foi a 4ª lista mais votada. Em Hong Kong, Angela Leong também é a presidente de uma organização de caridade chamada “Po Leung Kuk”. A deputada, normalmente, defende questões relacionadas com assuntos sociais em geral e relacionados com o sector do jogo.  KENT WONG SENG HONG nasceu na cidade de Shunde, na Província de Guangdong, em 1974. Actualmente, é assessor sénior da Melco Internacional Development.  Vai ser o número dois da lista de Angela Leong, como já foi em 2009. É o presidente da “Júnior Chamber Internacional Macau”, como representante dos empresários jovens.

 

Ho Ion Sang – União Promotora Para o Progresso

20130701-101p16Nasceu em Macau em 1961 e recebeu a educação no território. Tirou o curso de Gestão na Universidade da Ásia Oriental. Começou a trabalhar para os “Kai Fong” a partir de 1995 e foi recomendado como presidente da União Geral das Associações dos Moradores de Macau em 1998. HO ION SANG candidatou-se à AL pela primeira vez em 2005 como número dez da lista de Leong Heng Teng. Em 2009, juntou-se a Chan Hong, directora da Escola Kou Hong, e foi eleito. Segundo o site dos “Kai Fong”, além de ser deputado, Ho Ion Sang trabalha no Banco da China, como o director dos Serviços para os Clientes. WONG KIT CHENG trabalha como enfermeira há mais de 10 anos e é vice-presidente da Associação Geral das Mulheres de Macau. Vai juntar-se a Ho Ion Sang como número dois. Actualmente é subdirectora da enfermaria do Hospital Kiang Wu. Estudou na Escola Pui Cheng e tirou o diploma superior no Instituto de Formação da Enfermagem. Além disso, tirou uma licenciatura em enfermagem na Universidade de Politécnica de Hong Kong e um mestrado em psicologia no Interior da China. Segundo a revista “Macau Monthly”, Wong Kit Cheng nasceu na década 80 e cresceu numa família da classe baixa.

 

Au Kam San – Associação de Novo Macau Democrático

20130701-101p17AU KAM SAN nasceu em 1957 em Macau. Começou a trabalhar com 13 anos, num restaurante da Rua do Campo, a entregar comida. Segundo escreveu numa biografia, só tinha duas folgas por ano. À noite, estudava na Escola Seong Fan. Depois de terminar os estudos secundários, foi trabalhar como professor na Escola Primária da Ilha Verde e achava que a profissão seria para toda a vida. Em 1984, começou o curso de Ciências Sociais na Universidade da Ásia Oriental, a qual mais tarde se tornou na Universidade de Macau. Depois, estudou no Interior da China e tirou o mestrado em Educação. É actualmente deputado pela Associação Novo Macau e é casado com a poetisa Virgínia Cheang, nascida no território. Foi eleito por via directa em 2001, 2005 e 2009. SOU KA HOU vai ser o número dois de Au Kam Sam. Estuda Ciência Política na Universidade Nacional de Taiwan e deverá acabar o curso este ano. Nasceu em Macau em 1991. Começou a lutar pela simplificação dos procedimentos dos estudantes de Macau que estudam em Taiwan e precisam de vir ao território com urgência. É igualmente membro da Associação Novo Macau.

 

José Pereira Coutinho –Nova Esperança

20130701-101p18Filho de pais goeses, JOSÉ PEREIRA COUTINHO nasceu em Macau em 1957. É presidente da Associação dos Trabalhadores da Função Pública (desde 1998) e Conselheiro das Comunidades Portuguesas. Licenciou-se em Direito pela Universidade de Macau, em 1990. Foi um funcionário público dos Quadros da Direcção dos Serviços da Economia, tendo exercido o cargo de Chefe do Departamento da Propriedade Intelectual (1999-2001). Concorre às eleições pela Nova Esperança desde 2001, altura em que não conseguiu ser eleito. Mas em 2005 conseguiu esse objectivo, repetido em 2009. Este ano vai tentar que o número dois também seja eleito. Numa entrevista para o semanário Expresso disse que só por cima do seu cadáver é que obteria a nacionalidade chinesa. Em 2009, obteve quase 13.000 votos (cerca de 9% do total) pelo que foi a 6ª lista mais votada. O seu número dois é LEONG VENG CHAI.

 

Mak Soi Kun – União de Macau-Guangdong

MAK SOI KUN é actualmente deputado eleito pela via directa. Participou nas eleições à AL em 2005 e 2009. Em 2005, Mak Soi Kun foi o número quatro da “União Geral para O Bem-querer de Macau”, enquanto Fong Chi Keong e Tommy Lau foram número um e dois na mesma lista. Em 2009, Mak Soi Kun foi da “União de Macau-Guangdong”, como número um, enquanto o seu mandatário foi o empresário Sio Tak Hong, dono do terreno situado na Rua de Entre-Campos e que tem gerado polémica por causa de um projecto de construção. O deputado estudou no Interior da China, tirou o mestrado em Sociologia pela Universidade de Zhongshan e um mestrado em Gestão. Também tem qualificação profissional em topografia. Além disso, Mak Soi Kun é administrador e gerente-geral da Sociedade de Engenharia Soi Kun, Lda e gerente-geral da Companhia de Construção Nam Kwong, Lda. Segundo o seu perfil na AL, define-se como construtor civil amigo do ambiente. Mak Soi Kun é ainda subdirector da Associação dos Conterrâneos de Kong Mun de Macau, Presidente da Associação de Indústria de Construção de Protecção Ambiental de Macau e subdirector da União de Estudiosos de Macau.O seu número dois é ZHENG ANTING, empresário.

 

Melinda Chan – Aliança Pr’a Mudança

20130701-101p19MELINDA CHAN é a presidente da Associação de Beneficência Sin Meng, uma associação de caridade, e também é deputada eleita por via directa. Nasceu em Hong Kong em 1965 e é casada com o empresário e antigo deputado David Chow. Segundo o seu site da AL, tirou um mestrado em Gestão nos EUA. Em 2002, criou a Associação de Beneficência Sin Meng. Além disso, Melinda Chan também é uma das defensoras dos direitos das mulheres em Macau.WU KAM HON é o número dois da lista da candidatura de Melinda Chan. Já tinha participado como número dois de Melinda Chan em 2009, sem que tivesse sido eleito. É presidente da Associação de Publicidade de Macau. Nasceu em Macau em 1964 e é professor universitário. Wu Kam Hon também foi o mandatário da “Convergência Para o Desenvolvimento de Macau” nas eleições da AL em 2001 e 2005, entidade que foi liderada pelo empresário David Chow. E o cartaz eleitoral de David Chow em 2005 é um desenho dele.

 

Agnes Lam – Observatório Cívico

20130701-101p02Nasceu em 1972 em Macau. É professora da Universidade de Macau desde a década de 90 e trabalhou na TDM como jornalista e foi cronista no jornal Ou Mun. AGNES LAM criou a revista mensal chamada “New Generation”. Tirou o doutoramento na Universidade de Renmin da China, em Pequim. Também é apresentadora de um programa que discute assuntos sociais na TDM e ao mesmo tempo é apresentadora de um programa de debate com os telespectadores no canal Lotus. Agnes Lam criou a “Macao Civic Power” em 2008 e candidatou-se à AL em 2009 pelo “Observatório Cívico”, mas não conseguiu ganhar um lugar na AL apesar de ter recebido mais de cinco mil votos. O seu número três é o arquitecto RUI LEÃO, bem conhecido da comunidade portuguesa e macaense. Desde Abril de 2011 que é o vice-presidente da Associação de Arquitectos de Macau. Entre 1987 e 1993 estudou na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto. Em 2001, fundou a VLB – Arquitectura e Planeamento, uma joint-venture do seu atelier com o do arquitecto Manuel Vicente.

 

Paul Pun – “Associação Esforço Juntos para Melhorar a Comunidade”

20130701-101p03É o secretário-geral da Caritas Macau, director e um dos fundadores da Escola São João De Brito e reitor do Instituto de Serviço Social. PAUL PUN nasceu em 1958 e começou a dedicar-se aos trabalhos sociais a partir de 1975. Estudou no Instituto Salesiano e acabou os estudos secundários no Colégio Yuet Wah. Tirou o curso de Trabalho Social na Universidade de Guam e depois o mestrado na mesma área na Universidade de Columbia, em Nova Iorque. Paul Pun já concorreu três vezes consecutivas às legislativas. Segundo o Boletim Oficial, Paul Pun Chi Meng participou pela primeira vez nas eleições por sufrágio universal em 2001 no grupo “Junto do Povo”, enquanto o número dois era Leong Kam Chun, o actual presidente da TDM. Em 2005 e 2009, candidatou-se pela lista “Associação de Apoio à Comunidade e Proximidade do Povo”. Paul Pun colabora ainda no Conselho Consultivo para a Reforma da Administração Pública, no Conselho para os Assuntos de Habitação Pública e no Conselho de Juventude. Paul Pun foi o último a entregar o pedido de reconhecimento nos SAFP, na sexta-feira. Desta vez, a lista chama-se “Associação Esforço Juntos para Melhorar a Comunidade”.

 

Lee Kin Yun – Associação de Activismo para a Democracia

20130701-101p04Nasceu em 1978 em Hong Kong, e está envolvido em vários movimentos de contestação. É conhecido por “long hair” de Macau. LEE KIN YUN candidatou-se pela primeira vez à AL em 2005, pela Associação de Activismo para a Democracia.  Também se candidatou em 2009 em nome da mesma associação. Nesse ano, foi o número dois da lista, enquanto o outro activista Ng Sek Io foi o número um. Ng Sek Io ficou mais conhecido depois de ter chegado às Ilhas de Diaoyu/Senkaku, sendo o primeiro residente de Macau a ter pisado o solo das ilhas em disputa com o Japão, pelo menos o primeiro caso que foi noticiado.

 

Lei Man Chao – Aliança da Democracia de Sociedade

20130701-101p05Nasceu em 1968 na cidade de Zhongshan, na Província Guangdong. LEI MAN CHAO trabalhou na Associação Novo Macau desde o segundo mandato da direcção. Já foi relações públicas e director da Novo Macau. Foi o primeiro candidato da lista da União dos Operários (UO) nas eleições da AL em 2001 e também em 2005. Em 2009, criou uma outra associação chamada “Aliança da Democracia de Sociedade” para concorrer no sufrágio universal mas não foi eleito. Conseguiu obter apenas 256 votos naquele ano. Além disso, segundo o site da Novo Macau, Lei Man Chao também foi candidato às eleições para a assembleia municipal durante a governação portuguesa, representando a ANM.

 

Jason Chao – Liberais de Nova Macau

20130701-101p06JASON CHAO é o actual presidente da Associação Novo Macau (ANM). Nasceu no território em 1986 e trabalha como profissional informático. Tirou a licenciatura na Universidade de Macau. Actualmente participa em vários movimentos sociais, em defesa dos direitos humanos, liberdade de imprensa e grupos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros). Jason Chao apoiou a Novo Macau nas campanhas de 2005 quando estava no décimo segundo ano de escolaridade e tornou-se no número dois da lista da ANDM nas eleições de 2009. Trabalha ainda como editor da revista Novo Macau. Nos tempos livres já criou pelo menos três aplicações para smartphones, com o objectivo de divulgar informações sobre a reforma política, as habitações públicas e ainda notícias de Macau. Desta vez, Jason Chao vai candidatar-se como número um. SCOTT CHIANG é o vice-presidente da Associação Novo Macau. Nasceu em 1981 em Macau. Andou no Colégio Yuet Wah. Em 2000 foi estudar para os Estados Unidos, onde andou no “College of DuPage” para estudar engenharia. Depois, em 2004, entrou na Universidade de Macau e tirou Língua e literatura chinesa. Em 2009 decidiu tirar o curso de História também na Universidade de Macau. E no ano passado decidiu rumar a Taiwan para estudar Relações Internacionais. Candidatou-se pela primeira vez às eleições da AL em 2009, na lista liderada por Au Kam San, como o número cinco. Agora é o número dois.

 

Cheng Lok Sun – Associação de Promoção do Estado do Direito, Liberdade e Democracia

20130701-101p07HENG LOK SUN nasceu em Macau e imigrou para Hong Kong para ter uma melhor vida. Recentemente voltou para a sua terra natal para participar nos movimentos sociais. Segundo disse ao JTM o próprio, trabalhou como porteiro ao longo dos anos, enquanto ao mesmo tempo participava nas actividades das associações em Hong Kong. Criou a Associação de Promoção do Estado do Direito, Liberdade e Democracia antes das eleições. Diz que a população deve ter um “Sonho para Macau” após o presidente da República Popular da China ter apresentado o slogan “Sonho chinês”.

 

Hoi Weng Chong – Associação Geral Para a Defesa dos Direitos dos Cidadãos de Macau

20130701-101p08É reconhecido nas ruas de Macau como o “lutador vermelho” e costuma protestar no Largo do Leal Senado e na Praça das Portas do Cerco. HOI WENG CHONG é antigo agente de seguros da companhia AIA e da MassMutual. Devido a irregularidades no sector de seguros em Macau, segundo diz, envolveu-se num protesto que dura há anos. Pede uma compensação. Costuma participar nas manifestações no território para defender os direitos básicos e defende o regime da responsabilização dos funcionários com cargos superiores no Governo.

 

Hong Weng Kuan – Protecção dos Direitos dos Cidadãos

20130701-101p09É advogado no território e anteriormente foi da PSP. Iniciou a carreira na advocacia há cerca de sete anos e começou a ser advogado há apenas um ano. HONG WENG KUAN é vice-presidente da Associação de Investigação do Sistema Jurídico de Macau e presidente da Associação da Polícia de Macau. O seu objectivo é promover a reforma jurídica em Macau, porque diz que a reforma das leis está muito atrasada. Segundo disse anteriormente, a sua lista poderá ter entre quatro e oito candidatos.

 

Kou Ngon Fong – Breakthrough Action

20130701-101p10É o presidente da “Tri-Decade Action Union” e vai candidatar-se às eleições da AL em 2013 pelo grupo “Breakthrough Action”, com outros quatro candidatos. KOU NGON FONG estudou Direito na Universidade de Macau. É membro do Conselho para os Assuntos de Habitação Pública e actualmente trabalha na Caritas de Macau.

 

 

Kuan Vai Lam-União Para o Progresso e Desenvolvimento

20130701-101p11É empresário do sector imobiliário, actualmente é presidente da Omi Star Group. KUAN VAI LAM nasceu em Macau em 1959. Foi pela primeira vez a eleições em 2009, pela “União Para o Progresso e Desenvolvimento”, como o número dois, enquanto o número um foi Lai Cho Wai. Segundo a imprensa de Hong Kong, Lai Cho Wai é o irmão mais jovem do alegado antigo líder da seita “Shoifong”, Lai Tong Sang. Kuan Vai Lam criou a Associação de Jogos com Responsabilidade de Macau, em Setembro de 2012, é o presidente da direcção. Além disso, Kuan também é o CEO da companhia Victory Real Estate, a qual integra um projecto da habitações de luxo para a Taipa, Windsor Arch. É também vice presidente da Associação de Beneficência Leng Fong de Macau, que em Maio costuma organizar um jantar para idosos e que este ano distribuiu mais 40 mil prendas aos convivas.

 

Lee Sio Kuan – Observatório das Classes Baixas (designação não oficial)

20130701-101p13LEE SIO KUAN tem 45 anos e é o presidente da Associação de Força do Povo e dos Operários. Disse que iria juntar os membros de quatro associações dos operários para participar nas próximas legislativas.

 

 

 

Leong Seak – Aliança do Movimento dos Operários (DESIGNAçÃO não oficial)

20130701-101p14Entregou o pedido de reconhecimento em nome da “Aliança do Movimento dos Operários (não oficial)”. LEONG SEAK é de uma associação que defende os direitos dos operários em Macau e já foi o número dois da Associação de Activismo para a Democracia, em 2005, e que é liderada pelo activista Lee Kin Yun.

 

 

Luiz Pedruco – Macau Século 21

LUIZ PEDRUCO nasceu em Macau mas passou 20 anos na Austrália e regressou em 1991. É auditor de contas. É membro do Hong Kong Institute of Certified Public Accountants. E entre 1992 e 1994 fez ainda parte do departamento de finanças do Governo. Foi das primeiras pessoas a anunciar a intenção de concorrer às eleições mas a sua lista tem estado envolvida em várias confusões nos últimos dias.

24 Oct 2014

CAPA DO DIA

24 Oct 2014

Edição de papel actualizada às 16H de Macau

  • MALOCLINIC-Hospital
  • MALOCLINIC-Dental1
  • Uma visão diferente de Macau

    TDM OPINIÃO 20 OUTUBRO

    ver mais videos

    Edições anteriores

    seleccione
    seleccione

    Taxas de Câmbios

    Moeda
    MOP / EUR 0.1048
    MOP / HK 1.0300
    MOP / RMB 0.8123
    MOP / USD 0.1328