Os filmes “Rogue One: A Star Wars Story “ e “Sing” atraíram grandes multidões às salas de cinema dos Estados Unidos no fim de semana de Ano Novo, resultando em grandes receitas de bilheteiras e assim despedindo-se de 2016 em grande estilo

 

A nova história da saga “Star Wars” liderou as bilheteiras pelo terceiro fim de semana seguido, com quase 50 milhões de US Dólares, e uma projecção de 64 milhões se for incluído o feriado de segunda-feira, cujas contas finais ainda estão por fazer.

Os números do fim de semana elevam a arrecadação total de “Rogue One” para mais de 400 milhões dólares só nos Estados Unidos, ficando em segundo lugar, atrás apenas de “Finding Dory”, em termos anuais.

Rogue One” coroa assim um ano de êxito para a Disney. O estúdio converteu-se no primeiro a alcançar 7 biliões de dólares de receitas de bilheteira num único ano, tendo produzido quatro dos cinco filmes mais populares.

“Sing”, a mais recente colaboração entre a Illumination e a Universal, por seu lado, arrecadou 41,4 milhões de dólares no seu segundo fim de semana de exibição. Segundo a projecção que inclui a segunda-feira, o filme totalizará 53,7 milhões nos últimos dias alcançando 177,3 milhões desde a sua estreia nos EUA.

No terceiro lugar ficou o filme “Passengers”, uma combinação de romance com ficção científica tendo no elenco Chris Pratt e Jennifer Lawrence, que em 2016 foi a artista mais bem paga do mundo. Mal recebido pela crítica, o filme conseguiu 16,1 milhões de dólares e até domingo, no total do mercado norte-americano alcançou 61,4 milhões.

Com110 milhões de custos de produção e muitos milhões mais gastos em publicidade, “Passengers”, agora precisa de uma boa recepção do público internacional para conseguir lucro.

O mesmo acontece com a produção da Fox “Assassin’s Creed”, que arrecadou 8 milhões de dólares durante o fim de semana. A adaptação de um jogo de videogame soma apenas 41 milhões desde sua estreia no Natal, uma cifra decepcionante para uma produção que custou 125 milhões.

A Fox, contudo, teve sorte com a comédia “Why Him?”, sobre a rivalidade entre um pai (Bryan Cranston) e o namorado da sua filha (James Franco), que arrecadou 10 milhões nas bilheteiras americanas no fim de semana, totalizando 37,6 milhões desde a estreia.

“Fences”, um drama dirigido e protagonizado por Denzel Washington sobre uma adaptação da obra de August Wilson, arrecadou 10,2 milhões, totalizando 32,7 desde a sua estreia num número limitado de salas, há três semanas.

 

JTM com agências internacionais