Com treinos livre e cronometrados separados pelas classes de carros com motores até 1600 cc Turbo e mais de 1950cc, com ou sem turbo, a corrida da Taça CTM de Carros de Turismo de Macau, composta de 12 voltas, irá reunir os melhores 18 pilotos de cada classe, uma solução que não agrada de todo aos pilotos de ambas as classes, pois teme-se que haja situações, principalmente entre os menos rápidos, que levem a toques e consequentes acidentes

 

ISAÍAS DO ROSÁRIO

 

Na classe 1600 cc Turbo, onde se encontram inscritos o maior número de pilotos macaenses, Filipe Clemente de Souza, a tripular um CHEVROLET CRUZE, obteve a segunda melhor marca da sessão de treinos cronometrados, atrás do piloto de Hong Kong ,Paul Poon, ao volante de um PEUGEOT RCZ. Ainda assim, Souza não ganhou para o susto quando logo no início dos treinos cronometrados, o habitáculo do seu carro se encheu de fumo e também lhe apareceram problemas no sistema de direcção assistida, que o desconcentraram e não permitiram andar mais depressa.

De acordo com o que Filipe Souza disse ao Jornal TRIBUNA DE MACAU, “eu fiquei nervoso e com receio de nem sequer conseguir fazer tempos de jeito ou que o carro avariasse mesmo. Nessa altura perdi a concentração e só após algumas voltas é que verifiquei que poderia tentar obter um bom tempo”. Mesmo assim, “não estou satisfeito com o sucedido e principalmente porque tenho confiança de que poderia ter feito melhor”.

Jerónimo Badaraco, colega de equipa de Souza, conseguiu o terceiro melhor tempo da classe, mas acha que poderia ter sido melhor, “se não tivesse tido um problema no carro que me impediu de dar uma única volta, o que fez com que o treino cronometrado servisse para testar o carro, ao mesmo tempo que tentava obter um bom tempo”.

Célio Alves Dias, tripulando um Mini Cooper S, tal como Rui Valente, obteve a nona posição, tendo Valente ficado com a 16ª posição e Eurico de Jesus que conduz um Ford Fiesta, à sua frente na 15ª.

Na categoria de carros com motor de cilindrada acima dos 1950cc, o piloto japonês Matsuhiro Kinoshita com um bem preparado NISSAN GTR, obteve a melhor marca, tendo os dois pilotos macaenses Delfim Mendonça Choi e Luciano Castilho Lameiras, obtido a 13ª e 15ª posições, respectivamente.

No agregado dos tempos, Souza irá partir da quarta posição, Badaraco da sexta, tendo o lugar intermédio sido ocupado pelo piloto colombiano Julio Acosta num LOTUS EVORA.

Célio Dias irá arrancar da 16ª posição, enquanto Rui Valente e Eurico de Jesus estarão lado a lado, na 13ª fila da grelha, na 26ª e 27ª posição.

Mais para o final da grelha de partida que reúne trinta e seis pilotos, estarão Mendonça e Lameiras.

A corrida terá início pelas nove horas da manhã deste último dia do Grande Prémio.