No último jogo da 16ª ronda da Liga portuguesa, o Moreirense recebeu e venceu o Belenenses (1-0), subindo uns degraus na tabela classificativa. Foi um jogo muito dividido, com os cónegos a colocarem todas as cautelas em campo, dando claramente a entender que qualquer ponto conquistado seria sempre “bem-vindo”. É verdade que pertenceram aos azuis do Restelo os lances de ataque mais perigosos, e viram, inclusive, remates dos seus dianteiros a serem devolvidos pela barra, mas a dura realidade do futebol pauta-se por golos marcados. Bastou um – aos 85 minutos – aos donos da casa para conseguirem uma preciosa vitória, alento importante para o que resta da prova. O “forcing” natural do Belenenses, nos últimos minutos de jogo, foi feito mais com o coração do que com a cabeça. E quando assim é, a equipa que defende tem vantagens acrescidas. Entretanto, o treinador Petit anunciou o fim da ligação ao Tondela. Os maus resultados, agravados na derradeira jornada com a derrota caseira frente ao Arouca, davam pouco espaço de manobra a Petit para continuar no comando técnico da equipa beirã. Com este abandono aumentaram para 12 os técnicos substituídos no escalão principal do futebol português.

 

C.S.