Frente a um Mónaco com várias mudanças e com os “oitavos” no horizonte, os “dragões” só ficarão tranquilos ganhando, embora o Besiktas também possa dar uma ajuda em Leipzig

 

Costa Santos Sr*

 

Com o Dragão sem “lugares vagos”, o FC Porto jogará logo à noite (03:45 da próxima madrugada em Macau) a sua continuidade na Liga dos Campeões. E, diga-se desde já, tal tarefa não parece muito complicada, principalmente se tivermos em linha de conta que o Mónaco, adversário da última jornada da fase de grupos, está desde há muito arredado de qualquer hipótese de continuar nas provas europeias. A equipa francesa apresentará em campo algumas alterações no seu onze, já que Leonardo Jardim, face a esse afastamento, centra as atenções unicamente no campeonato e, por isso, dará descanso a alguns, ao mesmo tempo que lançará jogadores com menos minutos de jogo.

Ora, o FC Porto, segundo classificado no grupo G, com sete pontos, ainda poderá ter a ajuda do Besiktas, se os turcos pontuarem na deslocação ao terreno do Leipzig, terceiros no grupo mas com os mesmos pontos dos “dragões”. Mas, com o pragmatismo de Sérgio Conceição, não acreditamos que o FC Porto pense em Leipzig.

Com todos os jogadores disponíveis, é previsível que os portistas não queiram demorar muito tempo para conquistar superioridade no marcador e mandarem o recado para a Alemanha de que “não é necessário muito esforço”.

No Grupo H, as coisas estão definidas. Tottenham e Real Madrid, já apurados, defrontam Apoel e Borussia Dortmund, respectivamente, e vão cumprir calendário, podendo, inclusive, rodar jogadores tranquilamente.

Mais complicada está a vida para o Shakthar Donetsk que, no mínimo, terá de empatar no seu campo frente ao já apurado Manchester City (Grupo F). Isto porque, sendo segundo classificado com 9 pontos, não quererá correr o risco de esperar pelo resultado da Holanda, onde o Nápoles não deverá ter dificuldade em vencer o Feyenoord. O Nápoles é terceiro com 6 pontos e tem vantagem na diferença de golos.

No Grupo E, Sevilha (2º classificado com 8 pontos) defrontará na Eslovénia o Maribor (4º com 2 pontos) enquanto o Liverpool (1º com 9 pontos) receberá o Spartak de Moscovo (3º com 6 pontos). À partida, ingleses e espanhóis deverão carimbar o passaporte para continuar em prova.

 

*Jornalista profissional especialista em desporto