FOTO ARQUIVO
FOTO ARQUIVO

À cautela, os dirigentes do Besiktas solicitaram aos seus adeptos que não fizessem a viagem para o “Dragão”. Motivo: a possibilidade, em caso de desacatos, da UEFA aplicar sanções muito severas para o clube…

 

COSTA SANTOS SR

 

O FC do Porto já era o favorito, não só pelo seu bom momento como, também, por jogar no seu ambiente que, esta época tem sido, em todos os jogos, de casa cheia. E já teve o “auxílio” dos dirigentes turcos, em solicitar à sua massa associativa para que não viajasse para o Porto, por temer que algum desacato pudesse implicar sanção muito severa em futuros jogos e, até, a proibição de participar em provas europeias nos anos futuros.

Tudo isto assinale-se, devido aos confrontos que aconteceram na época passada, quando o Besiktas jogou em Lille, para a Liga Europa. O emblema turco ficou desde logo avisado que a repetição dos actos implicaria o afastamento das provas europeias e elevada multa pecuniária.

No entanto, como há inúmeros adeptos turcos espalhados pelos países europeus ocidentais, seguramente que terão alguns apoios.

A curiosidade será ver o regresso de Pepe ao “dragão”, já que Quaresma há muito fez esse “baptismo”.

Para o jogo de logo à noite (madrugada em Macau), o FC do Porto tem toda a sua “artilharia” ligeira e pesada perfeitamente em ordem. Mais; como se viu no último encontro para a Liga, até Soares, regressado de um longo período de paragem por lesão, está com a mira afinada e tem em alta toda a sua capacidade de movimentação nos terrenos que muito bem conhece. Desnecessário, ainda, recordar o facto importante da inviolabilidade da sua baliza, o que atesta, e muito, a coesão do bloco da rectaguarda e a interligação entre a defesa e o sector intermédio.

Por isso, o tal favoritismo portista. Para já, apenas teórico, mas que estamos seguros se materializará no relvado.

Onze provável: Casillas; Ricardo Pereira, Felipe, Marcão e Alex Teles; Danilo Pereira; Corona, Oliver Torres, e Brahimi; Aboubakar e Marega (Soares).

 

No outro jogo do mesmo grupo portista o Mónaco desloca-se ao terreno do Leipzig. Acreditamos que a equipa de Leonardo Jardim mostre o seu poderio e consiga o desejado triunfo.

Porém, há outros jogos com muito interesse, dado o valor das equipas em campo.

Começando pelo Grupo “E”, o Liverpool-Sevilha poderá proporcionar excelente espectáculo, mau grado o momento menos bom, nos seus campeonatos, das duas equipas. Mas, aqui, a prova é outra e ninguém pensará em mais nada. Com menor impacto o Maribor-Spartak de Moscovo, onde a teoria dá favoritismo aos visitantes.

No Grupo “F”, o Feyenoord recebe um Manchester City que vem de uma goleada ao Liverpool. Naturalmente que pensamos dar o favoritismo à equipa inglesa; no outro encontro, o Shakhtar Donetsk recebe o Nápoles. Dois “onzes” em alta por isso outro grande jogo em perspectiva.

Por fim, no Grupo “H”, mesmo tendo em conta o mau momento na Liga espanhola que o Real Madrid passa (muito por “culpa” da ausência de Ronaldo que agora vai alinhar), não nos parece crível que, no Santiago Bernabéu, os merengues deixem escapar uma vitória e exibição a condizer.

O Tottenham-B. Dortmund, também pode dar um excelente espectáculo e, neste caso, acreditamos que o onze alemão levará a “coroa de louros”.

 

*Jornalista profissional especializado em desporto.