De acordo com o China Daily, até à hora de fecho deste jornal o terramoto de magnitude 7.0 de escala Richter que atingiu a vale de Jiuzhaigou, na província chinesa de Sichuan, tinha causado 19 mortos e 247 feridos, incluindo 40 em estado grave. Todos os feridos foram transportados para os hospitais locais. O distrito de Jiuzhaigou é um ponto turístico popular que atrai numerosos visitantes de todo o país, tendo sido evacuados 31.500 turistas para abrigos seguros. Segundo aquele jornal oficial, o exército chinês enviou na manhã de ontem dois grupos de helicópteros para ajudar a transportar as equipes de médicos e transferir os feridos em estado grave. O presidente chinês, Xi Jinping, pediu “máximos esforços” para organizar rapidamente os trabalhos de resgate. Entretanto o Chefe do Executivo da RAEM Chui Sai On, enviou uma carta às autoridades locais, onde “apresenta solidariedade e manifesta as mais sentidas condolências e solidariedade ao Comité Provincial, Governo Provincial, habitantes do distrito de Jiuzhaigou, aos familiares das vítimas e aos feridos”.