Os novos secretários de estado do XXI Governo Constitucional: (D-E) Ana Paula Baptista Grade Zacarias, secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Eurico Jorge Nogueira Leite Brilhante Dias, secretário de Estado da Internacionalização,Tiago Barreto Caldeira Antunes, secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, António Manuel Veiga dos Santos Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Maria de Fátima de Jesus Fonseca, secretária de Estado da Administração e do Emprego Público, Ana Teresa Cunha de Pinho Tavares Lehmann, secretária de Estado da Indústria, Ana Cláudia da Costa Pinho, Secretária de Estado da Habitação, e Miguel João Pisoeiro de Freitas, secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural durante a cerimónia de tomada de posse no Palácio de Belém, em Lisboa, 14 de julho de 2017. JOÃO RELVAS/LUSA
Os novos secretários de estado do XXI Governo Constitucional: (D-E) Ana Paula Baptista Grade Zacarias, secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Eurico Jorge Nogueira Leite Brilhante Dias, secretário de Estado da Internacionalização,Tiago Barreto Caldeira Antunes, secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros, António Manuel Veiga dos Santos Mendonça Mendes, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Maria de Fátima de Jesus Fonseca, secretária de Estado da Administração e do Emprego Público, Ana Teresa Cunha de Pinho Tavares Lehmann, secretária de Estado da Indústria, Ana Cláudia da Costa Pinho, Secretária de Estado da Habitação, e Miguel João Pisoeiro de Freitas, secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural durante a cerimónia de tomada de posse no Palácio de Belém, em Lisboa, 14 de julho de 2017. JOÃO RELVAS/LUSA

O Primeiro-Ministro agradeceu aos secretários de Estado exonerados “pelo contributo que deram ao Governo e aos portugueses” e desejou felicidades aos oito novos governantes. Esta é a maior mudança no executivo desde que António Costa tomou posse

 

O Presidente da República deu posse a oito novos secretário de Estado naquela que é a maior mudança no executivo de António Costa desde que tomou posse, em 26 de Novembro de 2015. Após a demissão de três secretários de Estado – Fernando Rocha Andrade (Assuntos Fiscais), Jorge Costa Oliveira (Internacionalização) e João Vasconcelos (Indústria) – na sequência do caso das viagens pagas pela Galp para assistirem a jogos de futebol do Euro2016, o Primeiro-Ministro aproveitou para efectuar mexidas em cinco ministérios e criar uma nova Secretaria de Estado, da Habitação, que terá como titular a arquitecta Ana Pinho.

O Primeiro-Ministro fez uma curta declaração aos jornalistas no final da tomada de posse de oito novos secretários de Estado no Palácio de Belém, desejando-lhes “as maiores felicidades no exercício de funções”. Minutos antes, ainda na Sala dos Embaixadores, onde decorreu a cerimónia de posse, António Costa fez questão de ir cumprimentar os ex-secretários de Estado presentes.

Ao todo, no Palácio de Belém, tomaram posse oito secretários de Estado. Além da nova secretária de Estado da Habitação, com gabinete no Ministério do Ambiente, entram para o executivo Ana Paula Zacarias (Assuntos Europeus), Eurico Brilhante Dias (Internacionalização), Tiago Antunes (Presidência do Conselho de Ministros), Maria de Fátima Fonseca (Administração e Emprego Público), António Mendonça Mendes (Assuntos Fiscais), Ana Teresa Lehmann (Indústria) e Miguel João de Freitas (Florestas e Desenvolvimento Rural).

O “ajustamento” no Governo, como definiu o Primeiro-Ministro, envolve cinco ministérios: Negócios Estrangeiros, Presidência e Modernização Administrativa, Finanças, Economia, e Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural.

No final da cerimónia de posse, além de António Costa, apenas o ministro da Agricultura, Capoulas Santos, fez um breve comentário aos jornalistas, dizendo que Amândio Torres deixou o cargo de secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural “a seu pedido”.

 

 

Mendonça Mendes exerceu

advocacia na RAEM

Licenciado em Direito na Universidade de Coimbra, na variante de Ciências Jurídico Económicas, o novo Secretário de Estado dos Assuntos Fiscais exerceu advocacia em Macau entre 2003 e 2005, e trabalhou com o grupo Geocapital, dos empresários Stanley Ho e Jorge Ferro Ribeiro. Mendonça Mendes esteve em gabinetes de apoio a membros do Governo, tendo sido, entre outros cargos, chefe de gabinete da então secretária de Estado dos Transportes, Ana Paula Vitorino, no executivo socialista liderado por José Sócrates. Ainda no sector público, foi director da REFER – Rede Ferroviária Nacional -, com responsabilidades nas áreas de organização, assuntos jurídicos e capital humano.

 

JTM/Lusa